Prefeitura de Itararé

A Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária de Itararé, em nome do secretário José Roberto Cogo e da equipe de veterinários José Henrique Petkevicius, Eduardo Cortes Pelissari e Laurindo Paulo Ferreira, em parceria com a Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo, com os senhores Eron Ribeiro da Cruz e Joaquim Domingues Almeida, […]

Publicado em 17 de abril de 2014


Secretaria de Agricultura alerta sobre ocorrência de casos de raiva em bovinos

morcego

A Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária de Itararé, em nome do secretário José Roberto Cogo e da equipe de veterinários José Henrique Petkevicius, Eduardo Cortes Pelissari e Laurindo Paulo Ferreira, em parceria com a Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo, com os senhores Eron Ribeiro da Cruz e Joaquim Domingues Almeida, vem comunicar a população, da ocorrência de casos de Raiva em bovinos do município.

O que é a Raiva?
É uma doença incurável, causada por vírus, que leva o animal, ou a pessoa, invariavelmente à morte.
Esse vírus é da família Rhabdoviridae, chamado Lyssavirus, e pode ser encontrado na saliva, na urina, nas fezes e órgãos do animal raivoso.

Sintomas:
Como o vírus afeta, preferencialmente, o sistema nervoso central, os principais sintomas da doença atingem o que se refere a ele. Os sintomas vão desde agressividade, alterações nos movimentos (andar cambaleante), até a impossibilidade de beber água, que ocorre quando o nervo faríngeo-recorrente, um dos responsáveis pelo ato de beber, e afetado, e alguns animais, mesmo sentindo sede, não conseguem mais beber água. Outros animais ficam completamente paralisados e apáticos.
Como podem perceber, os sintomas são os mais diversos. Qualquer mudança no comportamento do animal pede maior atenção do criador.

Transmissão:
Os morcegos são os maiores disseminadores da Raiva. O morcego que transmite a raiva, se alimenta de sangue; é portanto um morcego Hematófago (hemato = sangue; fago = engolir). Ele é chamado vulgarmente de Vampiro, mas seu nome é Desmodus rotundus. Na área rural é o principal transmissor da raiva dos herbívoros.
O morcego não precisa estar apresentando sintomas da doença para transmiti-la para outros animais, eles precisam estar apenas contaminados. Eles transmitem a doença inoculando o vírus através da saliva, no momento da mordida. O animal que contrai a doença, poderá transmiti-la ao homem através de mordidas, principalmente.
Na raiva humana, o morcego já ocupa o segundo lugar em importância como espécie transmissora, perdendo apenas para os cães.

Como evitar a doença nos animais herbívoros?
A principal forma de controle é a vacinação, portanto pedimos à população rural que vacinem seus animais, tendo em vista a ocorrência de três casos positivos nos últimos meses.
Outra forma de prevenir o aparecimento da doença, é o controle da população de morcegos hematófagos. Aí entra a CDA em conjunto com a Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, que mantém equipes treinadas para captura e controle de morcegos.

Maiores informações:
Casa da Agricultura – Rua Frei Caneca, 1443.
Fone: (15) 3532 – 2457

Copyright © 2020 - Prefeitura Municipal de Itararé | Todos direitos reservados