Prefeitura de Itararé

O projeto, voltado à população de baixa renda, também realiza atendimento a ONGs da cidade Da esquerda para a direita: o estagiário Wellington Lima, os veterinários Mayra Cavazotti, José Henrique Petkevicius e Laurindo Paulo Ferreira e as estagiárias Amanda Sarti e Janaine Nunes A superpopulação de animais domésticos é um caso de saúde pública. Grande […]

Publicado em 26 de junho de 2018


Prefeitura de Itararé (SP) disponibiliza castração gratuita em cães e gatos

O projeto, voltado à população de baixa renda, também realiza atendimento a ONGs da cidade

Da esquerda para a direita: o estagiário Wellington Lima, os veterinários Mayra Cavazotti, José Henrique Petkevicius e Laurindo Paulo Ferreira e as estagiárias Amanda Sarti e Janaine Nunes

A superpopulação de animais domésticos é um caso de saúde pública. Grande parte dos animais não consegue um lar e, infelizmente, acaba sendo deixado nas ruas, correndo riscos de atropelamento, passando necessidades e procriando ainda mais. Visando solucionar esse problema, a Prefeitura de Itararé (SP), por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, tem disponibilizado a castração gratuita em cães e gatos na cidade.

Segundo a veterinária Mayra Cavazotti, atualmente, a equipe responsável, formada por três veterinários, um auxiliar e três estagiários, realiza, em média, 160 castrações por mês.

“Para passar pelo procedimento, o animal deve ter, pelo menos, seis meses de vida, apresentar um bom estado de saúde e estar com a carteirinha de vacinação em dia”, explica. “O processo de recuperação se dá em, aproximadamente, uma semana”.

De acordo com o secretário municipal da Pasta, Castelar Pimentel, o projeto é voltado à população de baixa renda do município. “Esse projeto atende também à Unipa e outras entidades de proteção aos animais de forma totalmente gratuita. O único custo que o dono do animal terá é com a compra dos medicamentos para o pós-operatório”, destaca.

Cirurgia – Como explica o veterinário José Henrique Petkevicius, existem três alas no prédio destinado à castração: a sala de pré-operatório, onde o animal é pesado, recebe a anestesia e tem parte da pelagem raspada; a sala de cirurgia, onde o procedimento é efetivamente realizado e a sala de pós-operatório.

“Após a castração, que é um procedimento bastante rápido, o animal é encaminhado à sala de pós-operatório. Lá, ele é entregue ao seu responsável, juntamente com o receituário dos medicamentos que deve tomar até se recuperar”, detalha.

Segundo a veterinária Mayra Cavazotti, além de impedir crias indesejadas, a castração evita uma série de problemas aos animais. “O procedimento ainda evita doenças infecciosas uterinas, tumores e até a transmissão de doenças venéreas”, finaliza.

Saiba mais – Para realizar o procedimento, é necessário realizar um agendamento junto à Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, à Rua Frei Caneca, 1443, vila João Adolfo.

Para passar pelo procedimento, o animal deve ter, pelo menos, seis meses de vida, apresentar um bom estado de saúde e estar com a carteirinha de vacinação em dia

Existem três salas no prédio destinado à castração: a de pré-operatório, a de cirurgia e sala de pós-operatório

Copyright © 2020 - Prefeitura Municipal de Itararé | Todos direitos reservados