Prefeitura de Itararé

Projeto é composto por alunos da EM Profª Ione Maria Latas tambores canos cabos de vassoura são alguns dos objetos usados para produzir o som Bandinha da Sucata da EM Prof Ione Maria Marques Martins dos Santos participa do Desfile Cívico de 7 de setembro em Sengés A Escola Municipal Professora Ione Maria M. M. […]

Publicado em 13 de setembro de 2017


Bandinha da Sucata de Itararé (SP) participa de desfile em Sengés (PR)

Projeto é composto por alunos da EM Profª Ione Maria

Latas tambores canos cabos de vassoura são alguns dos objetos usados para produzir o som

Bandinha da Sucata da EM Prof Ione Maria Marques Martins dos Santos participa do Desfile Cívico de 7 de setembro em Sengés

A Escola Municipal Professora Ione Maria M. M. Santos, localizada no bairro Santa Terezinha de de Itararé (SP) , foi convidada pelo município de Sengés (PR) a participar, na última semana, do Desfile de 7 de setembro realizado na cidade através da Bandinha da Sucata.

De acordo com a diretora da escola, Silvana Nunes, o convite se deu através da organização do evento. “Sabendo que a Bandinha é muito bonita e criativa, com um som bem semelhante a de uma com instrumentos de verdade, eles nos procuraram e prontamente aceitamos”, conta,

Formada por 35 alunos, entre cinco a nove anos, o projeto teve início há um ano através do professor Márcio Bagdal. A junção da criatividade e consciência ambiental o levaram a desenvolvê-lo. “Temos como base o material de estudo em sala de aula sobre Meio Ambiente e reciclagem”, conta.

Através da iniciativa, entre outros objetivos, o professor busca conscientizar os alunos sobre a importância do reaproveitamento de sucata para a preservação do meio ambiente.

Latas, tambores, canos, cabos de vassoura são alguns dos objetos usados para produzir o som. Antes de se transformarem em instrumentos musicais, são customizados pelos estudantes.

Os ensaios acontecem na quadra da escola durante as aulas de artes.

Além de ensinar ritmo aos estudantes, o projeto também tem um importante papel social, pois por meio dele aprendem naturalmente as regras de convivência, ganham autoconhecimento e autoestima, ajuda na coordenação motora, socialização, concentração, criatividade e nas percepções tátil, auditiva, visual e espacial.

Projeto teve início há um ano

Copyright © 2020 - Prefeitura Municipal de Itararé | Todos direitos reservados